sábado, 21 de junho de 2008

É incrível: Sir Róming acabou o curso!!! (Ou quase, quase...)

As cadeiras estão feitas, o estágio a acabar e "Sir Róming - o Tirano" vem engrossar as fileiras de licenciados da Transmontuna. Para além disso, desconfio que este insigne engenheiro cometeu ainda a proeza de, para alem de ter acabado o curso, ter acabado COM "o curso", já que é provavelmente o último licenciado "pré-Bolonha" de Engenharia Florestal. Ou seja, não só é engenheiro, como é engenheiro a sério!!!

Já agora, já repararam que a grande maioria dos transmontunos é licenciada ou bilicenciada, pós-graduada e essas coisas? Que quererá isto dizer? Estamos velhos, há pouca malta nova, ou o quê? Claro está que é bom que desafiemos o (pre)conceito do tuno-cábula, imortalizado por Vasco Santana no "Pátio das cantigas". Tanto melhor, os cursos acabam-se, as (algumas) namoradas mudam mas a tuna permanece na nossa vida, tão forte como a amizade que a cimenta.

Mas este post é do Róming, e a homenagem é a ele endereçada. Olhemos então um pouco para a história deste transmontuno.

O Roming chegou-nos do Marco, com aquele ar perdidamente campónio e a precisar da nossa rápida e atenta intervenção.

e assim começou o nosso trabalho: ensinámo-lo a comer à mesa...


Ensinamos-lhe boas maneiras...

Instruímo-lo na arte do engate (se bem que nem sempre com os resultados desejados)...


Aculturamo-lo...
Até que, finalmente, atingimos os melhores resultados, e podemos agora dizer que temos nas nossas fileiras o melhor agitador de pau-de-chuva do universo...bom, de Portugal...ah...da tuna?


Grande Abraço!!!

Um comentário:

mimo disse...

parabens Sir Róming, junta-te ao clube.

abraço